Virgindade artificial

No mundo muçulmano, os homens continuam a exigir que as mulheres sejam virgens antes do casamento. Para resolver a situação delas e de outras com exigência semelhante, um invento japonês que simula a virgindade pode ser uma boa oportunidade, diz o jornal espanhol “El País”.

O site da empresa chinesa Gigimo, que comercializa o “Hímen de Virgindade Artificial”, diz que “com este produto, você pode ter sua primeira noite de volta a qualquer hora”.

Colocado na vagina ao menos 20 minutos antes da relação, vai soltar um líquido –totalmente seguro, afirmam– semelhante ao sangue, o suficiente para manchar o lençol de vermelho. Material que pode depois ser exibido pelo marido como suposta prova da virgindade da esposa até então.

“Acrescente alguns gemidos e você não será descoberta”, conclui.

Vários teólogos e imãs no Egito já se mobilizaram para tentar proibir o kit da Gigimo, que é vendido por US$ 29,50. Mas por enquanto não tiveram sucesso.

Abdel-Moati Bayoumi, do Centro de Pesquisas Islâmicas, emitiu uma fátua (decreto religioso muçulmano) que condena os importadores porque “expandem o vício e incentivam as jovens a manter relações ilícitas, ao saber que podem ‘recuperar’ sua virgindade.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s