Indisponibilidade e impaciencia – sobre a indisponibilidade

INDISPONIBILIDADE E IMPACIENCIA

Sobre a Indisponibilidade

Por Fabiane Borges e Hilan Bensusan

Moises: desculpe ser chatinho, mas eu to muito cansado dessas brigas e acho que vc também

e eu te adoro tanto

Thiago: eu gostaria de saber o que vc vai fazer para a gente nao brigar mais?

Moises:não sei, não sei o que fazer

Thiago: eu tambem nao, de repente se vc nao resistisse tanto eu nao ficaria tao agressivo, uma coisa forca a outra,nao sei

Moises:a gente estava numa boa, de repente vc nao responde, nao ouve, nao ve, eu me sinto desprezado, esquecido, e comeca o ciclo viciado e cansativo

Moises: sim

Thiago: eu fico agressivo, vc se irrita, se a gente nao romper o ciclo, nada vai mudar, pra mudar vc tem que querer mudar, eu estou tentando entrar no processo, com recaidas imensas

Moises: eu tentei tanto, tantas vezes, mas dessa vez eu fiquei muito exaurido

Thiago: eu nao acho que tu me conquiste quando eu te falo que nao estou bem e vc me manda emails dizendo que eu estou convertendo todos que sou um deus e que seu pau ta duro!

Sinceramente nao acho que isso seja tentar

Moises: nem acho que vc já fez alguma outra coisa a não ser estourar e mostrar que no fundo vc não tem paciência comigo, por que vc não tem!

Thiago: eu sinto tua indisponibilidade, eu tenho que entender ela?

Moises: eu te irrito, vc queria outra coisa,alguém igual a vc

Thiago: bom, vamos la, vai comecar

Moises: escuta, eu estou do outro lado do mundo, sem ler teus emails eu te escrevo e vc manda um email furioso dizendo que eu não presto, falta de paciência, é muito difícil pra mim, eu te digo isso há anos, sei lá

Thiago: Que outro lado do mundo? Isso nao existe, isso ‘e do seculo passado!Eu estou aqui

Moises: tudo o que eu escrevo ta errado

Thiago: nao viaja

Moises: sou burro, inapropriado

Thiago: eu estou aqui, o que importa qual pais, qual lugar na terra?

Moises: precário

Thiago: pq tu nao le meus emails?

Moises: meus mantras são ambíguos, meus emails são inconvenientes, cansa

Thiago: bom, e vc nao vai ouvir nada disso e vai vomitar tudo pq vc nao pode ouvir nadavoltamos a escala 0

Moises: eu leio teus emails porra, e respondo todos

Tiago: a distancia territorial nao tem nada a ver, tampouco precisamos falar todo dia se nao queres

Moises: tu me ama ou queria que eu fosse um bonequinho?

Thiago: mas a comunicacao tem que ser mais limpa

Moises: tu parece que quer uma imagem e semelhança sua, que fale como vc, que tenha os seus padrões de limpeza, de clareza, de profundidade, de relevância, de orientação filosofica, de conveniência, de cansaco,

Thiago: nao existe limpesa na nossa conversa, vc se faz de vitima ou se defende nao tem como conversar, o que significa isso?

Moises: e vc, consegue escutar o que eu to te dizendo????

Thiago: sim

Moises: que bom

Thiago: eu nao sei mais o que te dizer, acho que temos um problema grave de comunicacao, temos tentado algumas alternativas, que nao deram certo, acho que isso ‘e muito triste, pq poderia ser mais facil se comunicar, vc me alija totalmente da tua discussao, eu acho isso imperdoavel, me sinto uma mulher com vc, uma mulher e esposa. Qdo quero discutir um trabalho contigo sinto tua indisponibilidade, me magoa, vc nao ouve, eu fico puto! e comeca o ciclo

Moises: até parece

Thiago: como romper?

Moises: não sei

Thiago: eu te falo da tua indisponibilidade pra mim, quero saber do que vc fala de mim pra vc? seja honesto por favor, sem defesa ou vitimizacao, qual e o problema?

Moises: vc passou anos dizendo que não entende o que eu faço, eu te contava de muitas maneiras e vc dizia, não sei, não entendo, vc devia fazer outra coisa etc, um dia eu disse: eu não entendo o que vc faz, e vc ficou tão puto que nós brigamos muito, parece que vc não tem paciência pra o que é outro, só pro que tem cabimento nos seus projetos de mundo, de mudar o mundo ou de viver

Thiago: a indisponibilidade e a impaciencia

Moises: vc vê a impaciência? que é intolerância e pra mim é falta de amor, o ciclo é assim: eu fico indisponível porque eu quero me proteger

Thiago: nao mente pra mim babe

Moises: saca?

Thiago: nao, nao mente

Moises: vc não acredita porque não quer admitir, quer só se defender

Thiago: vc fica indisponivel pq vc acha que tem coisas mais importantes pra fazer, pq um email te pega tempo demais, pq vc nao quer,

Moises: tu é sem faltas, sem erros, tu é a vitima de um turrão, é isso que tu quer ser

Thiago: le nossos emails, estavamos completamente bem e vc rompe o ciclo com sua indisponibilidade. Nao sou nao. eu posso ver meus erros se quizeres

Moises: até parece, isso mostra que vc não me conhece nem um pouco

Thiago: o que nao suporto ‘e esse jeito de nao admitir nada como vc faz

Moises: me desespera

Thiago: nao ‘e privilegio seu, desculpa, tambem me desespera

Moises: ironia! eu não quebrei nenhum ciclo. vc ficou furioso porque eu não li o seu email porque eu não achei, porra!

Thiago: olha, eu acho que podemos nos dedicar a falar da impaciencia ou indisponibilidade

Moises: é isso que eu tava tentando, vc vê a impaciência?

Thiago: nao, eu vejo o joguinho, e quero que vc pare com ele

Moises: eu vejo a indisponibilidade: acho que vc vai me tirar ou achar que eu sou imbecil ou desorientado e fico indisponível

Thiago: desde o comeco vc foi indisponivel e vem dizer que e pq eu sou impaciente? poupe-me

Moises: não há um ambiente de borbulhas, me sinto num tribunal

Thiago: eu me sinto num deserto sempre abandonado, o que ‘e pior? o tribunal? o deserto? vc vai lutar pra provar que ‘e o tribunal?

Moises: o deserto é pior

Thiago: nao necessariamente

Moises: horrível se sentir abandonado, eu odeio me sentir abandonado

Thiago: eu to te convidando pra uma conversa sobre indisponibilidade e impaciencia, eu odeio me sentir abandonado

Moises: é horrível

Thiago: a gente pode detalhar cada uma delas, mas tem que partir de um pressuposto comum, se nao ‘e muito chato!! tem que ser admitida tua indisponibilidade e minha impaciencia, se nao nao tem como sair desse lodo cansativo

Moises: me explica a minha indisponibilidade

Thiago: tem uma cena que ‘e traumatica pra mim. Uma vez que eu fiquei chorando sosinho em um bar, eu estava bebado e muito infeliz num lugar longe, eu te liguei e pedi pra tu ir me buscar e tu falou que nao tava afim, eu insisti, vc disse que nao ia e nao foi. ‘e uma cena simples mas era desproporcional,

Moises: não me lembro disso do bar, mas desculpa, foda mesmo, muito ruim

Thiago: mas isso se repetiu muitas vezes. Muitas, de nao estar disponivel pro que eu to te dizendo, de tratar isso como um incomodo, como se eu nao tivesse com essa bola toda, sei la, nao estou dizendo que’e por isso que eu fico impaciente, eu sou impaciente e a gente pode falar disso depois

Moises: sim, eu sou bem indisponível

Thiago: eu sinto como se vc quizesse que eu tivesse sempre feliz e cheio de amigos e alegre e qdo vc sentir falta, eu esteja la disponivel, mas nao da pra ser assim, pq eu sou bem mais pesado, mais angustiado e preciso de amor constantemente, apesar de ter muitos amigos e provavelmente ficar cada vez mais independente, eu preciso de uma ligacao, de um porto, de vc

Moises: eu não sei estar com vc quando vc precisa, não sei estar disponível quando vc precisa

Thiago: to entendendo errado ou vc esta orgulhoso disso?

Moises: nem um pouco, me faz sofrer muito, eu quero é exorcizar minha indisponibilidade. Eu sou indigno de amor

Thiago: e o que ‘e isso indigno de amor?

Moises: pergunta difícil, deixa pra lá, sim eu acho que eu sou bem indisponível pra você, sobretudo quando vc precisa, quando vc precisa de afeto, de um certo jeito que eu não sei oferecer

Thiago: afeto de um certo jeito que vc nao sabe?

Moises: sim, sim, quando vc precisa de atenção, de interlocução, de alguém pra te pegar no bar onde vc tá chorando, quando vc precisa de alguém pra ficar com vc quando vc se sente abandonado na inglaterra ou na grécia ou na espanha ou no Canada, eu não estou, eu me refugio na distância

Thiago: eu me refugio na distancia?

Moises: sim, eu não estou disponível, eu não abro o coração pra te receber, eu fecho as portas, eu fico só me defendendo de qualquer agressão, de qualquer impressão de agressão, de qualquer possibilidade de agressão…não tenho a generosidade de quem abre as portas, fico comtando os riscos de se abrir, com você eu não tenho a generosidade de parar de fazer os cálculos e abrir o coração e te abrigar mesmo quando vc aparece com pedras na mão, quando vc aparece de um jeito que eu não espero ou não sei lidar eu me fecho, fico intranquilo quando vc quer é tranquilidade

Thiago: eu acho que tua indisponibilidade nao tem a ver somente com defesa de uma possivel agressao, tem a ver com indisponibilidade, pro outro (nem que seja eu a pessoa que vc diz que ama e adora) ninguem pode ter o direito de intervir nas suas coisas ou no teu tempo, a agressao ou nao agressao ‘e so mais uma coisa,

Moises: sim, ‘e bem óbvio, nem precisa ter olhos de águia, hehe, comportamento de quem se fechou em um casulo másculo, um casulo que se fecha quando há qualquer ameaça imaginada, casulo que é trincheira: quer paz, prepara-te para a guerra

Thiago: acho que nao precisa ter ameaca

Moises: sim, nem precisa ter ameaça, a guerra tá armada antes de qualquer ameaça aos territórios

Thiago: rsss

Moises: as vezes invento uns incidentes de fronteira em que os poloneses supostamente atiram umas pedrinhas no solo alemão só pra ativar a Blitzkrieg

Thiago: kkkk, me fala como eu devo pensar tua indisponibilidade, como deveria ser,,, deveria aprender ficar mais na minha? mas se fico mesmo na minha tu aguenta?

Moises: aguento não

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s